Traje Académico da Covilhã

O traje académico, como já exploraste no nosso artigo sobre a sua história, é um símbolo de prestígio académico usado por muitos estudantes em todo o país. Neste artigo, partilhamos contigo a história completa, curiosidades e informações sobre o traje académico da Covilhã/UBI e as suas variantes para homens e mulheres.

Queres saber mais sobre a origem do traje académico da Covilhã/UBI? Quando deve ser usado? Como deve ser usado correctamente? Aqui, fornecemos todas as informações que precisas saber sobre o traje académico da Covilhã/UBI.

Do que vamos falar:

Traje Académico da Universidade da Covilhã

O Traje Académico da Universidade da Covilhã, também conhecida como UBI, é uma representação visual do espírito académico e da tradição desta instituição. Cada detalhe do traje, seja feminino ou masculino, reflete a rica história e a identidade única da UBI.

O traje feminino e o masculino, embora distintos, partilham a mesma elegância e respeito pela tradição. O traje feminino é conhecido pela sua delicadeza e detalhes requintados, enquanto o traje masculino se destaca pela sua robustez e sobriedade. Ambos são usados com orgulho pelos estudantes, reforçando a sua ligação à universidade e ao espírito académico da Covilhã.

Traje Masculino da Covilhã

Capa – Capa de cerimónia baseada no tradicional “capote” do pastor ou “gabão” cerimonial usado no princípio do século. O capote era também usado pelo pastor serrano. Vai até um pouco abaixo do joelho (meio da canela).

Casaco – Jaqueta desenhada a partir do modelo usado pelos senhores das famílias mais abastadas e pelo clero, na região da Beira Interior.

Colete – O colete é alto, com sete botões, gola de rebuço e com fivela de aperto atrás. O forro e a traseira são em cetinete ou cetim.

Calças – Calças tradicionais da zona, com botões na portinhola e uma sobreposição, bolsos direitos e 6 presilhas. As calças são ligeiramente afuniladas ao fundo.

Camisa – A camisa tem colarinhos e punhos normais, aperta com botões até ao fim do “peitilho” onde leva uma presilha e um botão. Esta era também usada no princípio do século.

Gravata – De cor preta e lisa sem ser acetinada.

Chapéu – O chapéu é de abas largas (cerca de 10.5 cm) em feltro preto com uma fita em toda a volta. Este é uma réplica do usado pelos pastores da serra da estrela.

Sapato – O sapato dos homens é do tipo clássico, sem aplicações metálicas ou outras, completamente pretos de cordões.

Meias – As meias serão completamente pretas lisas ou canelada mas sem qualquer padrão.

Traje Feminino da UBI

Capa – Capa de cerimónia usada pelas senhoras no princípio do século na zona das Sarnadas da Beira, com capuz e gola levantada. O capuz é pregado na gola com três botões.

Casaco – Desenhado com base na casaquinha cintada usada no inicio do século XX, pela senhoras das famílias mais abastadas. Aperta com cinco botões de 4 furos, a gola e virados são rematados e pespontados em redondo.

Colete – Colete cintado com 7 botões de 4 furos, com o forro e a traseira em cetinete ou cetim e com fivela atrás. Este colete foi assim desenhado para tentar interligá-lo com o colete do traje masculino.

Saia – Inspirada na época de 1900, de estilo clássico. Tem dois machos à frente, variando o seu comprimento entre a meia perna e o tornozelo.

Camisa – A camisa é uma blusa simples com pé de gola (ou “gola de padre”). Esta camisa aperta atrás e os punhos são altos com 3 pregas deitadas e 2 botões de 4 furos.

Alfinete - Na gola da camisa leva um alfinete com o brasão da U.B.I., em metal dourado.

Sapato – O sapato feminino é do tipo clássico liso, sem aplicações metálicas ou outras, com meio salto (não pode exceder os 4 cm nem ser inferior a 2 cm).

Meias – As meias serão completamente pretas lisas em vidro, lycra ou mousse, finas sem ser opacas.

 

Como e quando usar o traje académico da Covilhã

Imagina isto: a serenata da Semana Académica está a chegar e tu estás ansioso para vestir o teu Traje Académico e a Pasta académica. É um momento especial, certo? Mas lembra-te, enquanto caloiro, há algumas regras a seguir. Não podes usar qualquer insígnia na capa, nem pin’s na lapela, e o traçar da capa é um grande não-não.

Agora, se acabaste de te licenciar, as coisas mudam um pouco. Não podes usar o traje académico, mas a capa académica ainda é tua. E a melhor parte? Tens todas as regalias dos Veteranos até que a última nota oficial seja publicada. Então, aproveita ao máximo!

Regras do traje académico da Universidade da Beira Interior

Não poderá ser usada qualquer tipo de bijuteria, (anéis pulseiras, cordões, fios, bandoletes, brincos, etc.), excepto alianças e relógio (desde que oculto).

Não poderá ser utilizada qualquer tipo de maquilhagem e/ou verniz.

No caso de ser necessário pode ser utilizado 1 elástico preto no cabelo (“rabo de cavalo”) e/ou ganchos pretos desde que estejam ocultos.

Os piercings (ou similares), que não sejam possíveis retirar, é obrigatório estarem tapados.

Os óculos escuros são autorizados exclusivamente para protecção ocular.

O colete deverá andar sempre apertado.

O Casaco, terá no lado superior esquerdo, o brasão da UBI, na gola do lado esquerdo e pin’s da AAUBI, UBI, Curso e os Pin’s referentes à hierarquia de cima para baixo por ordem decrescente.

Os que tiverem deixado de ser estudantes da UBI, mas continuarem integrados em organismos académicos reconhecidos pela AAUBI, podem usar Traje Académico na sua totalidade, mas só no decurso de actividades destes e em ocasiões festivas.

O chapéu deverá acompanhar sempre o traje, podendo apenas ser prescindido no baile de gala.

O uso dos Pin’s Académicos é obrigatório, para uma mais fácil e imediata identificação.

Onde e quando comprar o traje académico da Covilhã

Imagina que és um estudante na Universidade da Beira Interior. A liberdade é tua - podes comprar o traje académico quando bem entenderes. Mas aqui vai um conselho amigo: certifica-te de que compras o traje numa das casas de trajes perto da universidade. Porquê? Para garantires que o traje está em perfeitas condições e de acordo com o regulamento da Universidade. Assim, podes vestir o teu traje com orgulho e confiança!

Preço do traje académico da Universidade da Beira Interior

Então, estás a pensar em investir num traje académico na UBI, certo? Aqui vai a parte interessante: o traje masculino custa cerca de 225€ e o feminino por volta de 175€. Pode parecer um pouco caro à primeira vista, mas lembra-te que estás a investir numa peça de vestuário que vai marcar uma etapa importante da tua vida. Portanto, vê isto como um investimento no teu futuro!

Quem pode usar o traje académico da Covilhã

Então, estás a pensar em vestir o Traje Académico? Aqui vai uma dica: só é permitido aos estudantes que estão na PRAXE. Isto significa que tens de passar pelo estágio de caloiro, que inclui o Baptismo e a Latada. E quando é que podes começar a usar o traje? No dia da serenata da recepção ao caloiro desse ano, quando te tornas oficialmente um Lacaio.

Agora, um aviso: se fizeres um “mau uso do traje académico”, podes ser levado ao tribunal de Praxe. E acredita, não queres isso. As sanções podem ser bastante severas, dependendo da gravidade da situação. Portanto, usa o traje com respeito e orgulho!

Como lavar o traje académico da Universidade da Beira Interior

Estás a pensar em como cuidar do teu traje académico, certo? Aqui vai a parte interessante: todas as peças do traje podem ser lavadas, seja à mão ou à máquina. Basta seguires as instruções na etiqueta e estás pronto a ir!

Mas espera, há uma exceção: a capa do traje. Essa não pode ser lavada de forma alguma. Sim, leste bem. A capa do traje é intocável quando se trata de lavagem.

Fotos do traje académico da Universidade da Beira Interior


Esperamos que este artigo sobre Traje Académico da Covilhã tenha sido útil! Não te esqueças de ler os vários artigos que temos sobre Trajes Académicos!

Outros Artigos Interessantes:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

O site trajesacadémicos.pt utiliza cookies. Ao navegar consente a utilização das mesmas. Mais informações