Traje Académico do Minho

O traje académico, como já vimos no artigo sobre a sua história, é um símbolo de prestígio académico e é usado por muitos estudantes em todo o país. Aqui dámos-te a conhecer toda a história, curiosidades e informações sobre o traje académico do Minho e as suas variantes feminina e masculina.

Qual é a origem do traje académico do Minho? Quando deve ser usado? E qual é a forma correcta de o usar? Neste artigo, fornecemos-te toda a informação que necessitas de saber sobre o traje académico do Minho.

Do que vamos falar:

Traje Académico da Universidade do Minho

O Traje académico do Minho é composto por:

- Camisa branca de gola alta com duas aplicações frontais com dois botões de cada lado, manga com punho comprido, com quatro botões, macho centrado na parte frontal, abertura na parte de trás com botões; todos os botões são brancos e forrados.

- Casaco preto, de golas largas, com abertura frontal (com cinco botões e cinco casas) dois bolsos metidos com pala na parte frontal (com quatro botões e quatro casas), mangas com macho e o punho dobrado (aberto, com três botões e três casas); todos os botões são pretos, forrados e todas as casas metidas.

- Capa em godé.

- Tricórnio.

- Pasta da Praxe, que transportará obrigatoriamente um código de praxe e um caderno de notas. Na pasta não é permitida a afixação, no seu exterior, de emblemas ou outros dísticos/insígnias, não sendo obrigatório o uso da mesma.

 

Para os HOMENS:

- Casaco reto;

- Bermudas pretas com bolsos metidos, a apertar com fecho e botão (forrado), cós com presilhas, pernas com fundo franzido, com uma tira a apertar de lado com botão (forrado) e de comprimento três centímetros abaixo da base da rótula; cinto (quando usado, será preto, liso e com fivela discreta);

- Sapatos pretos, de couro (inclusive a sola), lisos e de fivela.

- Meias pretas e opacas, pelo joelho

 

Para as SENHORAS:

- Casaco cintado;

- Saia preta com cós a direito, aberta atrás, na parte superior com fecho e botão, na parte inferior com trespasse (com três botões (forrados) e três casas metidas) e de comprimento, no mínimo, dois centímetros acima da parte superior da rótula.

- Sapatos, pretos, de couro, lisos, com frente arredondada ou quadrada e com um tacão largo, uniforme, de três a cinco centímetros de altura.

- Collants pretos, finos (não opacos) e lisos e sem quaisquer feitios, feitos ou efeitos;

 

Em 2021 um anúncio revolucionário foi feito pelo Cabido de Cardeais. Decidiram que tu, independentemente de quem sejas, tens total liberdade para escolher o traje com o qual mais te identificas. Seja um traje masculino ou feminino, a escolha é totalmente tua! Mas, aqui vai um pequeno detalhe: deves escolher um dos trajes por completo, sem misturar peças das duas versões. Então, escolhe o teu estilo e arrasa!

Como e quando usar o traje académico da Universidade do Minho

O Traje representa a Universidade e os seus membros, e como tal deve ser respeitado e devidamente envergado. Todos os estudantes devem usá-lo sempre que quiserem, sendo especialmente aconselhado o
seu uso nas cerimónias e festividades académicas, sempre que se pretender Praxar e quando em representação Universitária.

Não é, no entanto, necessário qualquer motivo especial para envergar o Traje. Os caloiros podem e devem usar o Traje Académico; no entanto, são lhes impostas certas condições.

Usar o traje académico da Universidade do Minho durante o luto

Quando em luto o Traje sofrerá as seguintes alterações:

- A capa estará traçada ou posta ao ombro com a parte de cima (o bico) caída para a frente, não sendo visível qualquer emblema, dístico ou cor;

- O tricórnio será transportado na mão ou debaixo do braço;

- As Insígnias representativas do curso terão de ser encobertas debaixo do emblema do braço direito.

Regras do traje académico da Universidade do Minho

A roupa interior é deixada ao cuidado de cada um, com duas proibições: os senhores não podem usar slips cor-de-rosa nem de renda; e as senhoras não podem usar lingerie com sinais de trânsito. A falta só pode ser acusada por um membro do sexo oposto.

Designa-se como estando corretamente trajado todo o aluno que esteja a usar o Traje e tenha os sapatos apertados (nos homens), não seja visível a pele entre os sapatos e o início das bermudas ou saia, o fecho e botões das bermudas ou saia estejam todos fechados e abotoados (excetuando os botões do trespasse da saia), todos os botões da camisa estejam apertados, o casaco completamente abotoado na abertura frontal, a capa ao ombro, no braço, posta ou traçada, fora de teto com o tricórnio posto, debaixo de teto com o tricórnio posto ou na mão.

Onde e quando comprar o traje académico da Universidade do Minho

Como estudante na Universidade do Minho, tens a liberdade de comprar o traje quando bem entenderes. Mas, atenção! É crucial que compres o traje numa das casas de trajes perto da universidade. Assim, podes ter a certeza de que o traje está em perfeitas condições, com todos os botões necessários. Desta forma, evitas ser enganado com trajes antigos ou de má qualidade. Portanto, fica atento e faz a escolha certa!

Se queres ver a tua loja anunciada neste site, entra em contacto connosco!

Preço do traje académico da Universidade do Minho

Se estás a pensar em comprar o traje da Universidade do Minho, prepara-te para gastar cerca de 170€. Este valor inclui o tricórnio e a capa, mas atenção, a pasta não está incluída. O preço pode variar um pouco dependendo da loja onde decidires fazer a tua compra. E aqui vai uma dica: mantém os olhos abertos para promoções! Algumas lojas oferecem pacotes que, por um pouco mais, incluem 2 camisas, meias e até emblemas. Portanto, explora bem as tuas opções e faz a escolha que mais te agrada!

Quem pode usar o traje académico da Universidade do Minho

O traje académico é mais do que apenas uma peça de roupa. É um símbolo da universidade e um laço que une todos os estudantes dessa instituição. Por isso, todos deveriam ter a liberdade de usar o traje, independentemente de terem passado pela praxe ou não.

No entanto, de acordo com o último código de praxe da Universidade do Minho, apenas os estudantes que participam na praxe têm permissão para usar o traje. Aqueles que optam por não participar são catalogados como ‘objetores de Praxe’. As suas fotos são exibidas na sede da AAUM, nos placares de curso e publicadas nos jornais académicos. Assim, toda a comunidade sabe quem são e impede que se ‘infiltrarem’ e usem o traje no futuro.

É uma questão complexa, não é? Deveria o traje ser para todos os estudantes ou apenas para aqueles que passam pela praxe? É uma decisão que envolve tradição, inclusão e identidade estudantil.

Como lavar o traje académico da Universidade do Minho

Quando se trata de cuidar do teu traje, não há nada com que te preocupares. Todas as peças do traje podem ser lavadas, seja à mão ou à máquina. Basta seguires as instruções na etiqueta e estás pronto a ir!

Mas, aqui vai um pequeno aviso: a capa do traje é uma exceção. Esta peça não pode ser lavada de forma alguma. Portanto, certifica-te de a manteres limpa e arrumada para preservares o seu melhor aspeto!

Código de Praxe da Universidade do Minho

O Código de Praxe 2023/2024 da Universidade do Minho já está disponível. Podes consultá-lo e descarregá-lo clicando em: Código de Praxe 2023-2024 UMinho

Fotos do traje académico da Universidade do Minho


Esperamos que este artigo sobre Traje Académico do Minho tenha sido útil! Não te esqueças de ler os vários artigos que temos sobre Trajes Académicos!

Outros Artigos Interessantes:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go up

O site trajesacadémicos.pt utiliza cookies. Ao navegar consente a utilização das mesmas. Mais informações